Join now

Art Music Centre - Because Sound Matters

Hosted by the Consul of the Lisbon Arts & Culture Group
Event Cover Photo
Took place 2 months ago
Sat 22 Jun 20:45 - 22:00

Ready to Join?

Protected content is a new venue run by Miso Music Portugal, dedicated to experimentation, communication and exchange of artistic creations, promoting relations between music and space, music and poetry, music and theatre, music and movement or music and design.

Drumming Marimba Quartet

Intérpretes: João Miguel Braga Simões, Pedro Gois, André Dias, Miquel Bernat

Miguel Azguime – Orbital Shift Variations

Luis Tinoco - Short Cuts

Tim Ferchem - Music for Four Marimbas*

David Pye - Rebana Loops**

Tomàs La Porta - Preludio al fuego **

Daniel Bernardes - Sem titúlo *

Uma das tradições que tem vindo a desenhar a nossa Europa é, justamente, a capacidade de inovar e inventar novos mundos ou paisagens em termos artísticos, o que no fundo tem definido o que somos. No seio do Drumming – Grupo de Percussão, continuamos a acreditar nestes valores e assim prosseguimos na aposta desta tradição que é a criação, mesmo contra tendências e comodidades que paradoxalmente se têm instalado na nossa sociedade (europeia) nestas últimas décadas.

Dentro do macrocosmo que representa o conjunto de instrumentos da família da percussão criamos constelações e sistemas (no fundo combinações camerísticas) que possam ter sentido pela sua homogeneidade e coerência como pode ser, e acreditamos que é, esta proposta: Quarteto de Marimbas.

Consideramos, portanto, pertinente a criação de um quarteto de marimbas, também devido ao desenvolvimento que a marimba tem tido nas últimas décadas, assim como, ao significativo avanço da sua técnica interpretativa oferecendo um leque de possibilidades harmónicas, tímbricas, rítmicas e espaciais. O parco repertório existente já nos mostra as múltiplas possibilidades musicais inerentes e, por isso, pretendemos contribuir para a sua divulgação e a sua expansão em estreita colaboração com os compositores e construtores de instrumentos e baquetas. Efectivamente existe um grande paralelismo entre a génese de um quarteto de marimbas e um quarteto de cordas, devido à ambivalência entre homogeneidade e variedade sonora que ambas formações possuem. Esperamos com este projecto um futuro prometedor em torno deste núcleo camerístico.

O repertório passa pelos trabalhos com compositores de renome internacional, bem como encomendas de novas peças.

Miguel Bernat